A TRANSFORMAÇÃO DA GAROTINHA

Good Girl Gone Bad é o 3° álbum de estúdio da Rihanna e foi lançado no dia 31 de maio de 2007. As faixas são:

  1. Umbrella feat. Jay-Z
  2. Push Up On Me
  3. Don’t Stop The Music
  4. Breakin’ Dishes
  5. Shut Up And Drive
  6. Hate That I Love You feat. Ne-Yo
  7. Say It
  8. Sell Me Candy
  9. Lemme Get That
  10. Rehab
  11. Question Existing
  12. Good Girl Gone Bad
  13. Disturbia (Good Girl Gone Bad: Reloaded)
  14. Take A Bow (Good Girl Gone Bad: Reloaded)
  15. If I Never See Your Face Again feat. Maroon 5 (Good Girl Gone Bad: Reloaded)
  • Cry (bônus)
  • Haunted (bônus)
Rihanna Good Girl Gone Bad
Fotos promocionais do álbum. Arte criada por @badboynem especialmente para RIHANNA.com.br

O álbum vendeu 9 milhões de cópias mundialmente (chegando a 15 milhões ao contar vendas com streams) e deu a Rihanna seu primeiro Grammy com Umbrella, além de oito outras nomeações.

iTunes/Apple Music Google Play Spotify Deezer Tidal

Good Girl Gone Bad é um dos álbuns mais icônicos da carreira da Rihanna, não somente pela explosão de sucesso que foi “Umbrella”, mas pelo sucesso que teve o álbum como um todo e pela oportunidade de ela participar efetivamente do seu álbum, se reinventando. Rihanna disse:

“No começo era como se eu estivesse seguindo um roteiro escrito para mim. Eu não me sentia uma artista, eu me sentia uma ferramenta. Eu basicamente tomei a atitude de menina malvada: me revoltei e fiz tudo do jeito que eu tinha vontade. Não ouvi a opinião de ninguém. Não pedi conselho a ninguém. Eu só queria me divertir mais e mudar um pouco minha imagem… Apenas me reinventei.”

Músicas de trabalho do Good Girl Gone Bad:

Umbrella

Umbrella

“Umbrella” foi o primeiro single do Good Girl Gone Bad. A música em parceria com Jay-Z foi o maior sucesso do álbum. A canção, que era originalmente para Britney Spears, chegou às mãos de Rihanna e ela transformou em ouro, como diria Drake.

“Umbrella” foi #1 na Billboard Hot 100 por 7 semanas e também foi #1 no Reino Unido por 10 semanas consecutivas. Também foi #1 na Billboard Digital Songs e Billboard Radio Songs.

A canção vendeu 11 milhões de cópias mundialmente, é certificada 6x Platina nos Estados Unidos pela RIAA e também foi considerada uma das melhores músicas pela Rolling Stone no Rolling Stone’s 500 Greatest Songs:

“Estou muito agradecida por isso. Eu orei por essa música.” disse Rihanna.

O icônico videoclipe de “Umbrella” também não deixou a desejar. Cheio de efeitos especiais, Rihanna brinca com a água, dançando com, obviamente, um guarda-chuva, e protagoniza uma das cenas mais faladas do mundo em videoclipes: ela nua dentro de um triângulo.

“Umbrella” foi certamente uma das maiores e mais icônicas músicas do ano de 2007 e também da década de 2000, e o seu refrão certamente foi o mais memorável: “Under my umbrella, ella, ella, eh, eh, eh…”

“Umbrella” foi trilha sonora do filme Esposa de Mentirinha (Just Go With It), filme lançado 4 anos após seu lançamento. Confira aqui a cena.

Shut Up And Drive

SUAD

“Shut Up And Drive” foi produzida por Evan Rogers e Carl Sturken e foi o segundo single da era. A música conseguiu #1 na Billboard Hot Dance Club Play, #9 na Billboard Digital Songs, #11 na Billboard Pop Song e #15 na Billboard Hot 100 e foi top 10 em quase 20 países. É certificada 2x Platina pela RIAA e vendeu 3,5 milhões de cópias.

O videoclipe da música foi gravado em Praga, na República Tcheca, e Rihanna está linda e sexy em um ferro velho. Os bastidores do clipe foram gravados pela MTV. Confira a primeira parte aqui e a segunda aqui.

A música até participou da trilha sonora da animação “Detona Ralph” (Wreck-It Ralph). Veja a cena aqui.

Hate That I Love You

Hate That I Love You

“Hate That I Love You” foi produzida por StarGate que também já havia produzido “Unfaithful”, do álbum A Girl Like Me, que foi escrita por Ne-Yo. Sobre a música, Rihanna disse à MTV:

“Esta canção quando começa, pensamos que é uma música sexy, mas temos de entender bem a letra. É uma música bastante profunda.”

A canção foi #7 na Billboard Hot 100, vendeu 3 milhões de cópias e é certificada 2x Platina nos Estados Unidos pela RIAA. Relembre a apresentação de Rihanna e Ne-Yo da música no American Music Awards aqui.

“Cómo Odio Amarte” é a versão em espanhol da música, interpretada por David Bispal. Rihanna se apresentou com David em 2008 em um programa espanhol, veja aqui.

Don’t Stop The Music

Don't Stop The Music

“Don’t Stop The Music” é uma música muito importante para mim, foi a primeira música que ouvi da Rihanna, eu até não sabia quem cantava e hoje em dia me envergonho de dizer isso, but, whatever, hoje sou adepta da palavra de Deus. Amém, Rihanna.

Essa música já é icônica por si só, pois utiliza nada mais, nada menos que o sample de “Wanna Be Startin’ Somethin'”, do Michael Jackson. Quase 1 ano antes do lançamento do Good Girl Gone Bad, Rihanna conheceu Michael no MTV Japan Awards. Veja a entrevista que Rihanna concedeu a Sister2Sister falando sobre o encontro aqui.

“Don’t Stop The Music” foi #3 na Billboard Hot 100, vendeu 7,5 milhões de cópias e é certificada 4x Platina nos Estados Unidos pela RIAA.

Apesar de não ter chegado ao topo das paradas dos Estados Unidos, a música bombou mundialmente e é um dos maiores hits de Rihanna. Confira o humilde vídeo.


O relançamento – Good Girl Gone Bad: Reloaded:

Good Girl Gone Bad: Reloaded foi um relançamento do Good Girl Gone Bad, lançado em 2 de junho de 2008, pouco mais de um ano após o lançamento da primeira versão do disco.

Nessa versão, há mais três músicas que não estão presentes na primeira: Disturbia, Take A Bow e If I Never See Your Face Again, música do Maroon 5 com participação de Rihanna, que foi lançada por eles, mas Rih a quis no álbum.


Take A Bow

Take a Bow

“Take A Bow” foi produzida por StarGate e Ne-Yo e se tornou o terceiro Nº 1 de Rihanna na Billboard Hot 100, vendeu 7,3 milhões de cópias e é certificada 4x Platina nos Estados Unidos pela RIAA.

A primeira música de trabalho do Good Girl Gone Bad: Reloaded foi sucesso instantâneo e contou com boa divulgação de Rihanna. Veja o vídeo que retrata RiRi e seu ex-namorado infiel.

Disturbia

Disturbia

“Disturbia” acompanhou a irmã “Take A Bow” e também chegou ao topo das paradas dos Estados Unidos, a Billboard Hot 100, vendeu 7,5 milhões de cópias e é certificada 6x Platina nos Estados Unidos pela RIAA.

O incrível e sombrio vídeo é considerado um dos melhores da carreira de Rihanna.

Rehab

Rehab

Rehab, com participação de Justin Timberlake, foi #18 na Billboard Hot 100, vendeu 2.2 milhões de cópias e é certificada 2x Platina nos Estados Unidos pela RIAA.

A música foi a última trabalhada do disco e conta com uma bela e sexy Rihanna no vídeo junto a Justin Timberlake.


Good Girl Gone Bad Tour:

Rihanna lotava arenas pela primeira vez em uma turnê. A Good Girl Gone Bad Tour teve início em 2007 e foi até 2009, com longas pausas, e foi realizado um total de 79 shows. A primeira fase começou no Canadá com participação do Akon e teve abertura de Ciara e David Jordan no Reino Unido. Consequentemente, a turnê rendeu a Rihanna seu primeiro DVD: Good Girl Gone Bad Live.


Good Girl Gone Bad: The Remixes:

Good Girl Gone Bad também ganhou uma versão com remixes intitulada Good Girl Gone Bad: The Remixes que foi lançado em Janeiro de 2009.

São remixes inéditos, faixas de rádio editadas e deixando clara a qualidade dos remixes que foram lançados a partir das canções originais.


Prêmiosdivulgação da era Good Girl Gone Bad:

  • A divulgação do disco foi pesada do início ao fim. Rihanna compareceu a diversos eventos e premiações, seja com apresentações ou não — foram literalmente centenas. Clique nos links abaixo para conferir algumas das mais relevantes:

💎

A post shared by RihannaNoMundo (@rihannanomundo) on

💎

A post shared by RihannaNoMundo (@rihannanomundo) on

  • A transição de “garota boa fica má” trouxe um lado sexy de Rihanna que chamou a atenção da Venus Breeze, da Gillette, que a nomeou a Celebridade com Pernas de Deusa de 2007 — as pernas de RiRi foram até asseguradas em 1 milhão de dólares.

💎

A post shared by RihannaNoMundo (@rihannanomundo) on

  • Com o sucesso de “Umbrella”, RiRi até mesmo lançou sua própria linha de guarda-chuvas na gigante Macy’s.
  • Com a popularidade de Rihanna e suas menções ao seu país de origem, Barbados, a expressão “Rihanna colocou Barbados no mapa” fazia cada vez mais sentido. O Primeiro Ministro do País até mesmo dedicou todo dia 22 de fevereiro como Rihanna Day (Dia da Rihanna), feriado nacional. RiRi visitou o país para receber e comemorar a honra em 2008.

💎

A post shared by RihannaNoMundo (@rihannanomundo) on

💎

A post shared by RihannaNoMundo (@rihannanomundo) on

Era Anterior: A GIRL LIKE ME Próxima Era: RATED R

Fran Cardoso
Vem gente!

Fran Cardoso

Aliada em RIHANNA.com.br
Olá, me chamo Fran. Me apaixonei pela Rihanna quando vi o clipe de Only Girl (apesar de já conhecê-la). Desde então transformei a Rihanna no meu mundo e me dedico totalmente a ela.
Fran Cardoso
Vem gente!

Comente abaixo e interaja com outros fãs :)